22.4.07

"It could be sweet, like a long forgotten dream."

Apareces-me à frente com a leveza com que o fazes todos os dias, movimentas-te com um à-vontade quase irreal, cumprimentas e falas com todas as pessoas com quem te cruzas sem qualquer problema, distribuis sorrisos, apertos de mão, beijinhos, que me fazem rir, de cada vez, que espero por ti mais um ou outro minuto, enquanto cumprimentas alguém.
Sabes, sabe-me bem ter estado contigo nestes últimos dias; ter conversas banais, discutir ideais, projectos de vida enquanto te olho com um sorriso meio embeveçido e repito para mim que és um lunático e um utópico amador.
Quero acreditar que melhor é sempre possível, e por isso não vou usar o para sempre, se te tenho aqui hoje. Não vou pedir para ficares eternamente sabendo eu que ficas hoje, amanhã e enquanto para ti o "nós" fizer todo o sentido.
É, é bom saber que existem pessoas assim, que nos fazem sorrir quando pensamos nelas, mesmo que seja pelo mais ínfimo e ilusório pormenor.

2 comentários:

Rita gxxvn disse...

o melhor é sempre possivel mesmo. estes textos sao mesmo açucarados, quero mais mais. :) beijinhos ana

pedro disse...

sem comentários

fico feliz quando te leio feliz :)
porque a vida também é feita de momentos bons.

beijo