20.10.06

Antes que seja tarde

Estou a ouvir Mafalda Veiga e instintivamente apetece-me escrever. Ao ouvi-la cantar lembro-me e penso nas pessoas que me são mais queridas. Vêm-me à cabeça, as vezes em que já não experimentei o sentimento de impotência e frustação que é, quer seja numa relação de amizade, de amor, de família ou até mesmo de trabalho, ficarmos com a sensação de que tudo ficou por dizer quando perdemos alguém ou quando simplesmente nos afastamos de alguém.
No meu entender, pelo menos uma vez na vida já todos sentimos que gostávamos de ter dito qualquer coisa que não soubemos ou não quisemos dizer enquanto era tempo. Nem sequer é preciso referir-me à morte para constatar a inevitabilidade deste sentimento de perda; basta olhar um pouco para trás e ver quantas pessoas se cruzaram comigo e me tocaram sem que fosse capaz de lhes retribuir.
Este sentimento está bem patente logo em casa, com os pais. Falando na 1ª pessoa sinto que nunca lhes agradeçerei o suficiente pelo que fizeram e continuam a fazer por mim todos os dias, sendo também verdade que por serem meus pais, facilmente os confronto, num misto de conflito interior, devoção e sentimento de culpa.
Para não dramatizar excessivamente nem permitir que este texto se torne muito pessoal e lamechas, o meu ponto de vista é bem simples e traduz-se numa frase do género: não basta gostar de alguém, é preciso mostrar que gostamos. Muito.
Portanto, hoje com Mafalda Veiga no ouvido e imensas memórias e lembranças a palpitar no coração, faço uma promessa a mim mesma; tentar não me esquecer de mostrar melhor que gosto de quem gosto. Antes que seja tarde.

(os posts seguintes serão dedicados a alguém. este é para o suposto SHB*)

9 comentários:

Joana disse...

SHB Anusca ? hum..

:)*

um cavalo ou um boi disse...

Sim.

(o pior é quando não se consegue mesmo mostrar)

*

Joana disse...

aaaaaah :D lol
*

Rita disse...

ana, como já te disse, está delicioso este teu post. mafalda veiga tem mesmo a magia de nos fazer pensar nas pessoas de quem gostamos muito, e tu soubeste explicar tão bem esse sentimento...

um beijo

segurademim disse...

... muito bem decidido!!!! apressa-te
antes que seja tarde

bom domingo Ana, beijoca :)

Carla Augusto disse...

Parabéns pelo blog!

Anónimo disse...

oh sim...isso é bem verdade! bj

Catharina disse...

mafalda veiga... ja gostei. mas as letras levam.nos sempre aquele local de memorias perdidas. bom texto, gostei

Alcebíades José disse...

Pessoalmente detesto a Mafalda Veiga...Acho que é uma questão física.
Mas passo a vida a pensar que deveria dizer algo que nunca digo.
É definitivamente algo a mudar para 2007.
Dizer que vos amo.