13.9.05

Eu...

Adoro conversar mas também preciso do silêncio e de tudo aquilo que ele tem em si;
Gosto de ser directa com as pessoas mas não gosto de as magoar;
Oiço de tudo um pouco mas o que oiço tem de mexer comigo e tocar-me ao coração;
Adoro escrever mas muitas das vezes perco a paciência e só sai merda;
Sou uma pessoa aberta q.b. mas detesto que se metam na minha vida;
Sei ser extrovertida especialmente com quem conheço mas às vezes coro e fico envergonhada;
Não rio nem solto uma gargalhada com extrema facilidade mas sorrio com a cara toda, muitas vezes ao dia e muitos dias;
Não sou extremamente fútil mas preciso das minhas pequenas vaidades;

Tenho paciência que chegue para ouvir mas não gosto que abusem dela;
Falo muito e na maior parte das vezes não digo nada de jeito mas sei ouvir e compreender quando é preciso;
Confesso-me orgulhosa mas assumo os meus erros e perdoo facilmente;
Derreto-me com pessoas simpáticas e cultas mas fico de pé atrás quando o tentam ser sem o serem;
Sou refilona mas adoro que me dêm miminhos, abraçinhos e beijinhos;
Adormeço muito bem mas tenho mau acordar;
Ajudo e confio quando acho que assim devo fazer mas não suporto que me mintam;
Preciso dos meus amigos para ser o que sou mas não gosto que me tentem moldar à sua maneira ou conforme lhe convém (estes não são amigos);
Quero ser independente mas quando as coisas não correm bem, é à mamã que recorro e é a ela que peço ajuda;
Sou impulsiva e sensível mas a cada dia que passa tento controlar melhor as minhas emoções e os meus sentimentos;
Tento viver a Vida o melhor que posso atirando-me de cabeça e arriscando mas cada vez mais, tenho consciência de que vale a pensar pensar mais do que uma vez antes de agir;
Gosto de ser como sou mas por vezes a voz na consciência irrita-me...

6 comentários:

segurademim disse...

Prazer em conhecer-te, fazes uma muito completa apresentação de ti... também sou refilona e adoro conversar!
Temos mais coisas em comum...

(sem me querer meter na tua vida, vi que és de Castelo Branco, aí deve haver uma Biblioteca Municipal, eu socorro-me muito delas. Normalmente, são lugares de convívio, de encontar os livros que queremos sem gastar dinheiro e de "converseta" ... encontra-se sempre alguém conhecido!)

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
murmurio do silencio disse...

A consciencia essa voz do silencio. aina bem que adoras conversar. espero ter a oportunidade.


beijo

Rita disse...

há sempre um "mas" para tudo, não é?
achei particularmente interessante este teu texto, talvez por me identificar de certa forma com ele.
um beijinho*

Anónimo disse...

Keep up the good work »